<We_can_help/>

What are you looking for?

<Agrosummit 2021/> Bem-vindos

d

Copyright @ Select-themes

Follow us

Estruturação da Cadeia de Valor

Com vista a disponibilizar elementos que permitam compreender a estrutura da cadeia de valor no agronegócio em Angola, é que foi realizada a terceira edição do Seiva Talks, uma série de conferências online, transmitidas via Zoom mensalmente. Decorrida no dia 29 de Julho, o evento, que é uma iniciativa da Associação Seiva, pretende levar a debate junto de especialistas nacionais e internacionais o tema da cadeia de valor no agronegócio sob diversas perspectivas, nomeadamente: Científico-académica, de desenvolvimento e empresarial.

Os especialistas convidados, entre nacionais e estrangeiros,  abordaram com sapiências as metodologias de análise de cadeias de valor agrícola. Foi dado especial enfoque na análise funcional, ambiental, social e económica das cadeias, casos de Angola e de outros países. Relativamente à abordagem na perspectiva de desenvolvimento, estiveram em análise os factores necessários para que as cadeias de valor agrícola gerem desenvolvimento local, regional e provincial. A discussão prosseguirá com a abordagem da vertente empresarial onde será discutido “como gerar competitividade e sustentabilidade em todos os actores – operações em cadeia”, novamente, casos angolanos e internacionais.

Com periodicidade mensal, o Seiva Talks destinam-se a todos os profissionais que sintam necessidade de aprofundar conhecimentos sobre as transformações e tendências no sector do agronegócio em Angola assim como desafios, e oportunidades.

“No primeiro SEIVA Talks do ano, realizado em Abril, foram abordados aspectos fundamentais dos modelos competitivos para o agronegócio. Foram apresentados os quadros conceptuais necessários para a sua análise, bem como casos de negócios, que, de prova empírica, mostram que Angola tem um sector de agribusiness que pode ser um motor de desenvolvimento local e nacional”, refere José Maria Wanassi, Presidente do Conselho de Administração da Associação Seiva. “No segundo SEIVA Talks, de Maio, abordámos aspectos relacionados com as oportunidades de crescimento e desenvolvimento que ocorrem quando a cooperação entre os actores que compõem e integram a rede do agronegócio é adoptada como uma estratégia”, continua.

José Maria Wanassi, conclui reforçando que no terceiro evento, realizado em Junho, a abordagem recaiu para a agricultura familiar em Angola. “Compreender a agricultura familiar angolana como uma vantagem competitiva para o desenvolvimento nacional foi o mote. Os oradores apresentaram casos que mostram que a agricultura familiar em Angola tem os factores necessários para gerar desenvolvimento local e nacional”, conclui.